My Beauty My Wellness

Queda de Cabelo: causas e tratamentos disponíveis!

Eu sei que está na altura de falar em queda do cabelo quando recebo uma mensagem de uma amiga às 8h da manhã no meu dia de folga a pedir-me para lhe aconselhar um champô para a queda. A partir daí já recebi vários emails a pedir aconselhamento nesta área, portanto está na altura de falar da queda de cabelo e dos tratamentos disponíveis no mercado!

A queda de cabelo é um processo muito complexo. A perda de 50 a 80 cabelos por dia é considerada normal pelos dermatologistas, porque faz parte do ciclo fisiológico do cabelo. A partir de 100 cabelos por dia é que se fala em queda do cabelo, de um ponto de vista dermatológico. Como nenhum de nós anda a contar os cabelos que lhe caem por dia, é quando temos mais cabelos na banheira, na escova, quando passamos as mãos pelos cabelos e vêem mais cabelos que o habitual que falamos em queda de cabelo.

Causas da queda do cabelo:

    • Gravidez
    • Carências nutricionais 
    • Fadiga e stress – depressão, choques emocionais
    • Tratamentos capilares muito agressivos – extensões de cabelo e alisamentos permanentes
    • Mudanças de estação
    • Hereditariedade 

Tratamentos para a Queda do Cabelo

Existem vários tipos de tratamentos disponíveis no mercado. Os champõs anti-queda não se podem considerar um tratamento, visto que eles apenas são um complemento ao tratamento e não um tratamento em si.

A maioria dos tratamentos anti-queda resume-se a produtos de aplicação tópica [ampolas, sprays] e produtos de toma oral [cápsulas, comprimidos]. Os tratamentos orais têm a vantagem de também funcionarem para as unhas frágeis.
Para bons resultados, independentemente do tratamento escolhido deve-se manter esse tratamento durante 3 meses.

 

Queda do Cabelo

 

1. Klorane Sérum Fortificante Anti-Queda. [38,20€].  Sérum antiqueda com complexo activo quinina-cafeína para a queda ocasional e para os cabelos fatigados. Conjugado com a vitamina B5, seleccionada pela sua acção fortificante no cabelo, o sérum fortificante antiqueda penetra na fibra para a hidratar e torná-la mais sólida. O crescimento dos cabelos é reactivado e a queda travada. Aplicar no cabelo seco ou húmido, 10 pulverizações em todo o couro cabeludo, risca por risca e 5 pulverizações em todo o comprimento. Massajar para activar a penetração e, em seguida, pentear. Aplicar 2 a 3 vezes por semana.

2. Ducray Neoptide, Loção antiqueda [38,20€].
Loção para a queda persistente da mulher. Contém tetrapéptido, que favorece o crescimento do cabelo, Ruscus e Nicotinamida que favorecem as trocas de nutrientes com o bolbo capilar.  Tem ainda na sua composição GP4G que é re-energizante.
Aplicar 1x ao dia, 12 pulverizações em todo o couro cabeludo, risca por risca. Massajar para activar a penetração e, em seguida, pentear.

3. Dercos Neogenic 28 Ampolas [84€].
Estas ampolas não são para a queda do cabelo, mas para quem sente que tem falta de cabelo. São indicadas para os homens e mulheres que sofrem de falta de densidade capilar, cujo couro cabeludo é visível.  Contém Stemoxidine a 5%. Os bolbos capilares em fase de inactividade são despertados, permitindo ter 1700 novos cabelos em 3 meses, aumentando assim a densidade capilar.
Aplicar 1 monodose por dia, usando a cânula de massagem. Fazer um tratamento de 3 meses, 1x por ano.
Tem sido um tratamento inovador, completamente diferente do que existia no mercado e os resultados e feedback de quem usa este produto, tem sido o melhor, o que é sempre importante, mas ainda mais num produto que é bastante caro. Os resultados só são visíveis ao fim de 3 meses.

4. Dercos Aminexil Ampolas 18 Monodoses [49,75€].
Ampolas para a queda do cabelo. Existe a versão Homem e Mulher. Contêm Aminexil  conjugado com SP 94, que permite que o cabelo se fixe melhor ao couro cabeludo.  As vitaminas PP e B6 revitalizam e embelezam o cabelo. Contém ainda arginina para estimular a microcirculação sanguínea e favorecer o transporte de nutrientes essenciais ao crescimento do bulbo.
Na queda moderada, usar uma ampola por dia durante 45 dias e depois usar uma ampola 3x por semana durante mais 45 dias, perfazendo assim os 3 meses. Para quem tem uma queda persistente, usar 1 ampola por dia, durante 3 meses.
5. René Furterer Triphasic ATP Intensif. Contém Ginseng Brasileiro e Óleos de Laranja e Lavanda, que aumentam a microcirculação no bolbo capilar. Contém ainda extrato de Curbicia [presente também nos champôs Curbicia para regular a oleosidade] e Hesperidina que permite que o cabelo se fixe melhor ao couro cabeludo.

Queda de Cabelo

1. Innèov Densilogy [28,95€]. A inovação deste produto reside no facto de impedir o cabelo que caia, ao fixá-lo. Os suplementos anti-queda que existem actuam por estimular o crescimento da fibra capilar e fortificarem-na.  Melhora também o estado quebradiço das unhas.
Associa seis ingredientes como a vitamina D + ómega 3 que pelo seu efeito anti-inflamatório, preservam a membrana de fixação, que é responsável pela fixação do cabelo ou pela queda de cabelo precoce e também zinco,  vitamina C, que melhora a microcirculação e vitamina E e licopeno, que como a vitamina C são anti-oxidantes. Tomar 2 comprimidos por dia.

2. Hexaphane [17,50€].
Associa cistina e metionina, que são aminoácidos essenciais à formação da queratina e óxido de magnésio, agente anti-radicalar, gluconato de zinco que torna a fibra capilar mais resistente e Vitamina B3, B5 e B6.

3. Ecophane pó [39,30€] e comprimidos [26,60€].
Contém cisteína e metionina, que são aminoácidos essenciais à formação da queratina. Tem ainda Vitaminas B5, B6 e Biotina, que são vitaminas essenciais na formação e crescimento do cabelo e unhas, além de zinco e magnésio, que reforçam a coesão das fibras de queratina. Para queda acentuada, preferir o Ecophane pó, que é mais concentrado. Tomar 3 colheres doseadoras por dia. Para queda moderada tomar antes o Ecophane comprimidos, 2 por dia.

Artigo Anterior Próximo Artigo

Também Poderá Gostar

35 Comentários

  • Responder Carolina Outubro 14, 2014 at 10:39 am

    Muito útil! Obrigada

  • Responder Carina Martins Março 9, 2015 at 2:09 pm

    entre o ecophane e o inneov qual achas que seria uma melhor solução?

    • Responder Andreia Março 15, 2015 at 7:06 pm

      Ecophane, durante 3 meses, se estivermos a falar de queda!

  • Responder Maria Agosto 12, 2015 at 12:11 pm

    Olá Andreia,

    Já utilizei o Dercos neogenic sem nenhum resultado, nem diminuição da queda e muito menos ver cabelos novos nascerem, além de deixar o cabelo muito oleoso, não compensa o dinheiro gasto, não recomendo a ninguém. O ecophane funcionará se a causa da queda não for alopecia androgenética de origem hereditária, também tomei e não tive resultados.

    Devemos ter muito cuidado onde gastamos o dinheiro, a grande maioria destes produtos não funciona, são apenas propaganda enganosa, e o pior, iludem pessoas que sofrem com um problema de saúde, sim porque a calvície nas mulheres compromete em muito o bem estar a vários níveis.

    Cuidado com produtos que apenas prometem e nada fazem, gastamos dinheiro, enriquecemos estas empresas e não solucionamos o nosso problema. Falo igualmente de vários dermatologistas que consultei que em alguns casos, sabiam muito pouco sobre alopecia nas mulheres, não deveriam cobrar consulta se não tem qualificações para determinados assuntos.

    Boa sorte a todas que sofrem com esse problema.

    • Responder andreia Agosto 15, 2015 at 5:05 pm

      Olá Maria.
      O Ecophane tem como indicação a queda de cabelo sazonal e o Neogenic funciona sim, mas noutro tipo de queda de cabelo e para quem tem pouco cabelo.
      Infelizmente, na alopécia androgénica os tratamentos têm de ser outros, recorrendo a medicamentos orais e tópicos, porque cosméticos podem ser usados como complemento, mas não tratam. Por isso, não podemos dizer que os cosméticos são publicidade enganosa, porque não é a pretensão deles tratar a alopécia androgénica. Nesses casos, recorrer ao dermatologista é a solução!

    • Responder Rita de Lucena Barreiro Novembro 3, 2015 at 9:15 pm

      Boa noite Maria, pode-me aconselhar um dermatologista que seja especialista na Alopecia androgenetica hereditaria? Sofro do mesmo e começo a entrar em desespero 🙁

      Obrigada

      • Responder Maria Novembro 27, 2017 at 9:02 pm

        Andreia, não quero ofender ninguém, mas o neogenic promete recuperar cabelos de pessoas com alopecia androgenética sim. Veja o estudo em pessoas com estados III e IV de alopecia androgenética.

        Aqui está o texto:

        Formulado com Stemoxydine 5%, age diretamente no bolbo celular, por forma a revitalizar o cabelo, e consequentemente diminuir a queda.

        Pela primeira vez, uma molécula ativa que desempenha um efeito benéfico na hipoxia em células estaminais embrionárias.

        Esta molécula favorece o bom funcionamento das células estaminais, despertando os bolbos que se encontram em fase de latência, para que o cabelo nasça espesso, saudável e revitalizado.

        Em ambiente hospitalar, sobre controlo dermatológico, de acordo com testes realizados em 101 homens (voluntários entre os 18 e os 55 anos, com significativa queda de cabelo localizada, estados III e IV de alopécia – escala Hamilton), registaram, após 3 meses de utilização:
        – aceleração do crescimento;
        – redensificação da massa capilar;
        – aumento o diâmetro da fibra capilar.
        – aumento em 4% da densidade capilar: o equivalente a 1700 cabelos novos!

        Indicações

        Homens e Mulheres
        Alopécia
        Pouco Cabelo
        Cabelo fino e frágil

        Aqui está a prova daquilo que citei. Apenas o lucro, nada mais.

    • Responder Sara Morais Novembro 21, 2016 at 9:30 pm

      Olá Maria . Passa se o mesmo comigo. Já usei inumeros shampoos e marcaradas da vichi, rene furterer, novex, broto de bambu, extratos de alho, minoxidil, finasterida, etc… e nada resultou!! Tenho alopécia androgenética á 5 anos e não melhora nem por nada. Actualmente uso sempre bons shampoos e mascaras e vitaminas para que não piore o seu estado. Tenciona fazer transplante de cabelo mas tenho receio. O que faz voçe para combater com esta doença???
      Obrigada e boa sorte e muita força

      • Responder Maria Novembro 27, 2017 at 9:23 pm

        Sara, peço desculpa, somente hoje vi o seu comentário. Como deve imaginar, não há muito a fazer no caso da AAG. Como sabe os medicamentos recomendados para esse problema (espironolactona, finasterida, flutamida e acetato de ciproterona) causam imensos efeitos secundários, falo por experiência, já tomei finasterida (por indicação médica) que tive que parar por causa das fortes dores nos seios depois de 14 meses (posteriormente outra dermatologista que consultei disse-me que poderá causar cancro nos seios) e espironolactona, que causou-me imensas tonturas, a ponto de não conseguir fazer nada, (porque abaixa a tensão arterial) tive que parar com a toma, para não falar dos inúmeros efeitos secundários graves que o medicamento causa. A flutamida e o acetato de ciproterona podem causar danos no fígado, no Brasil houve a morte de mulheres com hepatite fulminante após uso da flutamida.

        Segue o texto:

        Os efeitos colaterais mais comuns associados à Flutamida esto relacionados a problemas cardiovasculares, gastrointestinais e à perda de libido.
        Todavia, a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e outros órgãos ao redor do mundo alertam quanto ao perigo do surgimento de hepatite fulminante nas mulheres que o ingerem. Para se ter uma ideia, no Brasil, na Franca e nos Estados Unidos, a fórmula não prevê o seu uso por indivíduos do sexo feminino. No Brasil, o governo decidiu lançar um alerta após cinco mulheres com idades entre 18 e 35 anos desenvolverem a doença (hepatite fulminante). A única opção de cura e a realização de um transplante em um período inferior a 72 horas a partir do aparecimento dos primeiros sintomas, e, infelizmente, das cinco mulheres, quatro casos resultaram em óbito, incluindo duas tentativas de cirurgia sem sucesso.

        Como é possível ver, há poucas ou nenhuma hipótese para quem teve a “sorte” de ter essa doença. Sim é uma doença genética. O que tenho feito é valer-me do uso das fibras de queratina para disfarçar e continuar usando o minoxidil, que no meu caso, não vale de muito, e esperar por algum ser iluminado que descubra algo que realmente apresente resultados. Mas confesso que já estou muito cansada e desanimada de ter gasto tanto dinheiro (que faz-me falta) e não ter nenhum resultado.

        Boa sorte Sara.

      • Responder Maria Novembro 27, 2017 at 9:40 pm

        Rita, peço desculpa, mas somente hoje li a sua mensagem. Acredito que já deverá ter consultado um dermatologista. No meu caso, nestes últimos quase 6 anos, já consultei 8 dermatologistas, fiz todos os exames possíveis, mesmo todos, e nunca obtive qualquer resultado nos tratamentos indicados. Dessa, forma, não poderia ajudá-la. A única coisa que ajudou-me e que descobri por conta própria (porque nem isso nenhum dermatologista foi capaz de me indicar), foram as fibras de queratina, que possibilitam que possa sair à rua com um pouco de dignidade, sem que seja tão visível as falhas que já tenho. Uma luta inglória, sem nunca ter encontrado um dermatologista que realmente tivesse interesse em ajudar-me, apenas eu ajudei-os quando paguei as consultas. Peço desculpa a Andreia (não quero com isto ofender ninguém), mas só quem passa por isto, sabe do que falo.

  • Responder Sara Miranda Setembro 22, 2015 at 4:36 pm

    Ola Andreia! Parabéns pelo projecto! Da conselhos super úteis! Ultimamente tenho andado sob grande stress e devido também à mudança de estação tem-me caído bastante cabelo. Para além disso tenho também muita comichao e caspa. O que me aconselha a utilizar para combater este problema? E que tipo de champô ajuda a combater estes dois problemas? Obrigada!

  • Responder Célia Outubro 9, 2015 at 11:29 pm

    Olá Andreia, mais uma vez parabéns e obrigada por partilhar os seus conhecimentos! Pedia-lhe para me aconselhar se devo adquirir o Innèov ou o Ecophane, uma vez que tenho perdido densidade capilar mas não tenho tido queda, anormal, de cabelo. Desde já, obrigada.

    • Responder andreia Outubro 10, 2015 at 6:06 pm

      Olá Célia,
      aconselho o Ecophane durante 3 meses. Se não vir resultados, terá de experimentar o Densilogy, que é específico para densidade capilar.

  • Responder dani Janeiro 25, 2016 at 11:22 am

    Ola Andreia mais uma vez… Mais uma questão. O meu marido ao longo dos anos tem perdido bastante cabelo mas penso k sua família tem o mesmo problema dai ser genetico… Existe que tratamento para ele voltar a crescer onde ja não tem e fortalecer o outro? Obrigada por toda a atençao

  • Responder dani Fevereiro 1, 2016 at 6:41 pm

    Andreia k deve meu marido fazer? Obrigada

  • Responder Ana Azevedo Agosto 4, 2016 at 10:09 am

    Sei que este post já é antigo mas ando a pesquisar produtos para quem tem falta de densidade capilar e estou desesperada. Qual aconselha? Tenho perdido densidade capilar na linha da frente causada pelo uso continuado de secador, alisador etc. Que produto aconselha? Muito obrigada. Gostei muito do seu espaço. Ana

    • Responder Andreia Agosto 6, 2016 at 4:50 pm

      Vichy Neogenic, Ana. É caro, mas é específico para o seu problema.

  • Responder Carla Setembro 25, 2016 at 4:43 pm

    Boa tarde Andreia. Estou na casa dos trinta anos e desde alguns meses que noto o meu cabelo fino e sem brilho assim como me têm aparecido muitos cabelos brancos num curto espaço de tempo. Junto com isso as minhas unhas estão super enfraquecidas e partem e escamam com muita facilidade.
    Gostaria de lhe perguntar que suplemento me recomendaria? O Ecophane será indicado? Falaram-me também no Biocyte keratine plus.
    Obrigada

    • Responder Andreia Setembro 25, 2016 at 4:53 pm

      Carla, para além de um suplemento capilar deverá tomar vitamina B12, porque o aparecimento de cabelos brancos muitas vezes está associado a falta de vitamina B12. Aconselho o Hexaphane, tem uma excelente composição.

  • Responder Carla Setembro 29, 2016 at 7:31 pm

    Agradeço os seus conselhos, desconhecia essa associação com a vitamina B12. Será que posso tomar os dois suplementos (Hexaphane e vit B12) ou é aconselhável serem tomados em alturas separadas?
    Pesquisei suplementos de vit B12 e aparecem principalmente da marca Solgar (que desconheço), conhece algum suplemento que possa recomendar?
    Mais uma vez obrigada pela sua atenção, e parabéns pelo seu blog.

    • Responder Andreia Outubro 3, 2016 at 4:32 pm

      Olá Carla! A Solgar é uma marca com boa qualidade. Eu neste momento estou a tomar um multivitamínico dessa marca. E sim, pode associar, mas aí tome a vitamina B12 em dias alternados!

  • Responder Soraia Outubro 6, 2016 at 9:32 am

    Bom dia! Desde já parabéns pelo seu espaço, é super interessante.
    Estou a tomar desde terça Hexaphane para a queda de cabelo sazonal, associando também ao tratamento o champô da mesma marca.
    No entanto, surgiu-me uma dúvida.
    Estou a tentar engravidar e neste sentido gostaria de saber se é aconselhável fazer este tipo de tratamento.
    Obrigada.

    • Responder Andreia Outubro 23, 2016 at 3:55 pm

      Sim, sem problema, Soraia! São vitaminas apenas! 🙂

  • Responder liliana Janeiro 29, 2017 at 4:20 pm

    olá Andreia gostaria de uma opinião sua, de alguns anos para cá tenho tido uma queda de cabelo anormal, começa em Julho e vai até Dezembro, cm consequência cada vez tenho menos densidade, já usei mt coisa, mas nada parece travar isto, já procurei vários especialistas, faço analises todos os anos ( e está sempre tudo normal) e n consigo melhorar nada. Há 1 ano q faço regularmente o tratamento c 1 comprimido de aldactone, e minoxidril a 5%, mais a pilula belara, já usei vários champôs e o q me ajuda mais é o da phyto, faço tb exfoliação ao couro cabeludo 1x por mês…tudo isto e a queda nem sequer abranda….os dermatologistas dizem-me q n há mais nada q possa fazer e q é insistir no tratamento…acha q posso fazer algo mais q me ajude nisto? Desde já grata pelo trabalho q tem vindo a desenvolver no blog.

    • Responder Andreia Janeiro 30, 2017 at 2:43 am

      Olá Liliana! Já experimentou a usar óleo de rícino? Pode e deve adicionar umas gotas de óleo essencial de rosmaninho, madeira de cedro [cedarwood] e de salva [clary sage]. É um tratamento alternativo mas os óleos essenciais e o óleo de rícino ajudam na perda de densidade e na queda!

      • Responder liliana Fevereiro 6, 2017 at 1:21 am

        já uso o óleo de ricino, misturo no champô e deixo actuar 3 minutos, mas nunca usei os outros, devo mistura-los tb no champô ou utiliza-los para massajar o couro cabeludo…

        • Responder Andreia Fevereiro 6, 2017 at 4:22 pm

          Deverá massajar no couro cabeludo! Se quiser aplique ao deitar e lave o cabelo na manhã seguinte!

  • Responder Telma Medeiros Fevereiro 25, 2017 at 2:08 pm

    Olá Andreia! Estou a usar Cititone Ferro e Minoxidil 50mg/ml à 27 dias tudo da marca IFC,e o que noto é que a queda de cabelo ainda está pior do que no dia em que fui à dermatologista! A especialista disse -me para usar estes dois, durante dois meses. Mas estou super desanimada, porque até agora não vejo melhorias, pelo contrário! O que faço?

    • Responder Andreia Março 6, 2017 at 4:43 pm

      Olá Telma! Usualmente as mulheres só usam minoxidil a 25, não a 50..

  • Responder maria silva Maio 26, 2017 at 11:14 pm

    Olá, Andreia
    Falaram-me muito bem do Viviscal para o cabelo enfraquecido.
    Aconselha?
    Obrigada pela atenção e pelo blog!!

    • Responder Andreia Maio 27, 2017 at 12:03 am

      Sim, também uma opção! Deverá fazer 3 meses, como qualquer tratamento oral para a queda! 🙂

  • Responder Marisa Outubro 6, 2017 at 9:54 am

    Bom dia,

    após 11 anos de pílula minigest seguidos fiz uma pausa de um mês, e o meu cabelo não para de cair mesmo já tendo retomado a pílula à cerca de três meses.
    Já fui ao dermatologista e receitou-me o champo novophane, ecophane para toma diaria e alorexyl antes de deitar.

    Alguém me sabe dizer se deverias mudar de pílula para a queda estabilizar?

    • Responder Andreia Outubro 8, 2017 at 5:12 am

      Olá Marisa,
      como houve uma oscilação hormonal é normal que se verifique queda. E sim, pode trocar de pílula e ver como o organismo reage.

  • Responder Maria Outubro 9, 2017 at 12:39 pm

    Bom dia Andreia! A minha dúvida é: para cabelo frágil, fino e com entradas, com tendência para a a queda principalmente no outono considera mais adequado fazer o Hexaphane ou 1 tratamento para a densidade?
    Obrigada pelo blog e pela atenção!

    • Responder Andreia Outubro 9, 2017 at 2:05 pm

      Olá Maria,
      pode fazer o Hexaphane e complementar com o champô para a densidade como o da Vichy 🙂

    Deixar uma resposta

    This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

    Gostou do artigo?

    Subscreva a newsletter para estar a par das novidades!

    Obrigada e até breve!