Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

Alisamentos de Queratina

No momento, em que a Jennifer Aniston, atribuiu o seu novo e curto corte de cabelo, a um alisamento com queratina, que no seu cabelo não reagiu da melhor forma, começou a discussão sobre este tipo de alisamentos.

Afinal, os alisamentos com queratina, ditos tão inócuos para o cabelo, que hidratam e protegem o cabelo, talvez, não tenham apenas vantagens.

Mas aplicar queratina, que é proteína, no cabelo não deveria fazer mal nenhum, não é? Pois, mas para selar a cutícula com queratina é necessário aplicar também uma substância química e selar pela ação de um ferro de alisar.

Esta substância química, na maioria das vezes, é formaldeído, que em concentrações superiores ao permitido por lei (>0,2%), tem consequências graves para a saúde, pois, ao aquecer através de ferros de alisamento, provocam a vaporização do formaldeído.
Segundo o Infarmed, o principal efeito da exposição ao formaldeído acima do limite permitido é a irritação, em especial do trato respiratório. Outros dos efeitos indesejáveis são devidos ao contacto direto do formaldeído com a pele, tais como, queimaduras, inchaço, vermelhidão, descamação do couro cabeludo e queda de cabelo.
Outro dos problemas é temperatura a que a fibra capilar está sujeita. Se o cabelo for fino ou estiver sensibilizado, por exemplo, por colorações, o cabelo pode não ficar no estado maravilhoso que os cabeleireiros prometem.

Outro dos alisamentos muito em voga, é o alisamento japonês, que altera a estrutura da fibra por dentro e por fora, de forma permanente. Logo, por ser um método definitivo, é ainda mais agressivo, o que torna na maioria das vezes, os cabelos muito frágeis e estragados.

Portanto, quem pensar em fazer um alisamento, pense muito bem. Desconfiar sempre de preços super apelativos, que não se enquadram na média do mercado. É extremamente importante, assegurar-se que o cabelo está em bom estado, e escolher um cabeleireiro de confiança, que avalie com rigor, o estado do cabelo, antes de avançar. Ah, e ter a certeza que as quantidades de formaldeído presentes estão dentro dos limites da lei! Porque liso ou encaracolado, um cabelo bonito é, sempre, um cabelo saudável.

Image

Catherine Deneuve

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed
Mais histórias
Diva: Audrey Hepburn