Desportistas e Vitamina C

Baixos níveis de Vitamina C podem afectar vários aspectos da performance física, pois pode levar a fadiga, fraqueza muscular ou até anemia. Todos estes sintomas levam a um baixo rendimento físico.

Apesar da maioria dos adultos consumirem uma quantidade adequada de Vitamina C diária, existem algumas situações em que as necessidades de Vitamina C são aumentadas. Fumadores, situações de infecção, altitudes elevadas e temperaturas extremas requerem um maior consumo de vitamina C. O exercício também aumenta as necessidades de vitamina C.

Outra situação curiosa, é que a suplementação com vitamina C pode melhorar a performance desportiva por melhorar certas funções fisiológicas. A suplementação diária de vitamina C com doses de 250 mg ou 500 mg em indivíduos que realizaram exercícios em ambientes muito quentes, levou a uma diminuição da sua temperatura corporal, o que melhorou a sua performance. O mecanismo pelo qual isto aconteceu não está explicado.

A Vitamina C melhora a função imunitária. É por isso que muitas vezes, quando estamos constipados ou com gripe tomamos um suplemento de Vitamina C. Por isso, é que a toma de Vitamina C alguns dias antes e depois de uma prova desportiva pode ser benéfica. Um estudo demonstrou que pessoas que consumiram 500 mg por dia de Vitamina C durante 21 dias antes de uma maratona, tiveram menos infecções do tracto respiratório superior [constipações, gripes, etc.] que as pessoas que não tomaram Vitamina C.
Tem lógica, visto que correr liberta elevados níveis de cortisol, o que pode debilitar a função imunitária. Portanto, a suplementação com vitamina C [e outros antioxidantes] pode ser benéfica.

Referências: Vitamin and Mineral Status: Effects on Physical Performance. Henry C. Lukaski, PhD. U.S. Department of Agriculture, Agricultural Research Service, Grand Forks Human Nutrition Research Center, Grand Forks, North Dakota, USA.

Mais histórias
asanASIAN: os 10 produtos mais vendidos de 2017!
Don`t copy text!