Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

Triclosan: um perigo escondido?

Ontem acordámos com a notícia que a Colgate Total tinha na sua composição uma substância potencialmente cancerígena.

A substância a que se referiam era o Triclosan. Muitas pessoas, ouviram falar do triclosan ontem pela primeira vez.  O Triclosan é usado como conservante e assim reduzir a concentração bacteriana em diversos produtos como pastas de dentes, sabonetes, geles de banho e desodorizantes, bem como em tábuas de cozinha e brinquedos.

O Triclosan é permitido tanto nos EUA como na Europa. E uma pasta de dentes para ser disponibilizada no mercado europeu como americano pode apresentar a substância triclosan numa concentração máxima de 0,3%. Esse é o caso da Colgate Total e da Bexident Triclosan, tanto uma como outra estão dentro dos limites legais de triclosan. O triclosan reduz a placa bacteriana e a gengivite.

No entanto, o triclosan está a ser vigiado atentamente pelas entidades reguladoras [há alguns anos!], devido aos estudos clínicos em animais que associam o triclosan a desenvolvimento de tumores e a desregulação hormonal.

O impacto do triclosan nas pessoas não é conhecido. Nós estamos expostos diariamente  a dezenas de químicos, e não podemos dizer que foi esta ou outra substância que causou uma determinada doença. Mas, o que os estudos indicam, é que pessoas que lavam os dentes com pasta com triclosan têm 5x mais triclosan na urina das que não o fazem.

Entretanto  algumas marcas, por precaução, como a Oral-B e a Aquafresh, que tinham pastas dentífricas com triclosan, removeram-no da sua composição ao longo dos últimos anos, devido aos novos dados que surgiram.

Mas não podemos dramatizar. Se houvesse um risco comprovado, ou evidências consistentes, o triclosan não estaria no mercado. Hoje uma senhora na farmácia, levou-me a pasta de dentes, Colgate Total para saber se era desta que se falava. Quando eu lhe confirmei que sim e lhe mostrei na composição que tinha Triclosan, ela disse que ia deitá-la fora.
O que eu aconselho? Quem não tiver problemas de gengivite, por precaução, escolha uma pasta de dentes sem triclosan. Verifiquem a composição das vossas pastas, porque, apesar da polémica, não é só a Colgate Total que tem triclosan na sua composição. Alguns elixires como o Bexident Triclosan elixir, também têm esta substância, bem como sabonetes, geles de banho e desodorizantes.
Quem tiver problemas de gengivite, tem outras pastas com outras substâncias como a Clorohexidina, que são eficazes.
Porém, como as autoridades reguladoras estão a investigar a situação, devemos ter mais desenvolvimentos nos próximos tempos!

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed
Mais histórias
#MyBeautyTalks: Skincare vs Maquilhagem?