Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

10 Regras sociais de Macau!

Hoje venho falar um pouco de regras sociais e de etiqueta em Macau, que são perfeitamente extensíveis a outros locais da Ásia, sob a influência chinesa. Espero que achem curioso e divertido! ?

  1. Nunca andar de sapatos em casa. Na Ásia, as pessoas descalçam-se à porta de casa e andam descalças ou de meias pela casa. Como regra de boa educação, sempre que se visita a casa de alguém os sapatos devem ser descalçados mal se entra. Este é um daqueles hábitos que eu também sigo!
  2. Não cumprimentar com beijinhos. Por aqui, quando se encontram amigos asiáticos o usual é acenar. Uma vez, achei simpático cumprimentar com beijinhos, 2 amigas chinesas e a reação foi hilariante. ? O contacto físico em público é algo que não é comum na China. A maioria dos casais anda de mãos dadas, mas nunca será visto a trocar um beijo ou a dar um abraço.
  3. Perguntar se a pessoa já comeu. É algo que pode parecer estranho mas aqui o “Está tudo bem?” não é usual e é substituído pelo “Já almoçaste/jantaste?” Ninguém está à espera de uma resposta elaborada, é só mesmo uma forma de cumprimento.
  4. Desperdiçar comida. Aqui quando sobra comida nos restaurantes, a regra é levar para casa. A maioria das pessoas não cozinha em casa, por isso é normal pedir comida a mais num restaurante, para ter comida para levar para casa. É algo tão comum desde o restaurante mais tradicional até a um restaurante com 3 estrelas Michelin que ninguém estranha e a comida é guardada em caixas de plástico separadas. Alguns desses sacos de comida, parecem sacos de compras de lojas de luxo.
  5. Receber presentes com duas mãos. Os presentes bem como os cartões de visita aceitam-se com duas mãos como forma de respeito. Usualmente, os presentes não se abrem em frente da pessoa, por isso, a menos que a pessoa peça para se abrir, o melhor é receber, agradecer e guardar.
  6. Ter em atenção a forma como se diz Não. Para a maioria dos chineses, dizer que não de uma forma muito directa é algo rude. E o ideal é ter algum tacto quando se diz que não. Esta diferença cultural leva a que tenham muita dificuldade em dizer que não, o que acaba por causar mal-entendidos e confusões. Muitos deles acabam por dizer algo como “Não te incomodes, talvez outro dia, não tenho a certeza, vou pensar nisso”.
  7. Quem convida, paga. A regra é simples e ainda muito seguida em contacto profissional. É também de mau tom, mostrar o dinheiro em frente aos convidados. Em contexto pessoal, usualmente as mulheres não pagam nada quando estão com os namorados/maridos. Já tive situações hilariantes de querer pagar uma refeição a um amigo chinês e o ar chocado como os empregados olham para mim quando eu pago a refeição não tem preço. Alguns até não aceitam o cartão ou o dinheiro, antes de perceberem se a pessoa do sexo masculino está ok com a situação.
  8. Dizer a alguém que está bronzeado é um insulto. Como a pele aqui quer-se o mais branca possível, dizer a alguém que se está bronzeado é basicamente pior que  dizer à pessoa que está gorda.
  9. Não achar que os chineses são todos iguais. Isto é um insulto brutal. Para os chineses de Hong Kong, Macau, Singapura acharem que são Chineses da China é um dos maiores insultos. Pior do que isso, só se acharem que são filipinos ou indonésios. Por exemplo, uma pessoa de Macau dirá que é uma pessoa de Macau ou que é chinês de Macau. E isso não é também igual a ser macaense. Macaenses são pessoas que são uma mistura de português com chinês e a maioria deles são bilingues. Em caso de dúvida, o melhor é perguntar se a pessoa é local, que assim evita-se confusões.
  10. Se em dúvida sobre o que falar, é sempre seguro falar de comida. Em locais como China, Hong Kong, Singapura, Macau, falar de política deve ser evitado, a menos que seja a outra pessoa local a mencionar o assunto. Como regra, comida é algo que muitas vezes é levado a um estado de arte e as pessoas adoram falar de comida.
Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed
Mais histórias
Fim de semana em Lisboa!