Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

THE INKEY LIST – conceito, produtos, para quê e para quem?

THE INKEY LIST’ é a nova The Ordinary. Marca inglesa, com ingredientes bem estudados, em fórmulas simples, a preços acessíveis. Todos os produtos não contêm perfumes adicionados e preços inferiores a 10€. Visto que me pediram para eu explicar cada produto em detalhe, vamos conhecer mais?

Produtos de Limpeza

  • Salicylic Acid Cleanser – com ácido salicílico, BHA. OS BHA são adequados para quem tem poros dilatados, pele acneica e pontos negros. Gel ideal para quem sofre de acne. Tem zinco que ajuda a regular a oleosidade. Para quem tiver a pele muito sensível, provavelmente não conseguirá usar todos os dias.

Tónico

  • Glycolic Acid Liquid Toner. Para além de ser um tónico é também um exfoliante químico, com ácido glicólico a 10%. O ácido glicólico é dos AHA mais irritantes, por as suas moléculas serem muito pequenas e penetrarem facilmente na pele, portanto não é indicado em peles sensíveis. Contém extrato de Hamamélis, que pode ser sensibilizante e tem um uso controverso a longo-termo. Usar à noite, 2-3x por semana. Um produto indicado para quem tem manchas, poros dilatados ou tem a pele baça. Para quem pretender uma melhor alternativa tem o The Ordinary Glycolic Acid 7% Toning Solution, que tem uma melhor composição.

Exfoliantes Químicos

  • Beta Hydroxy Acid – com ácido salicílico, BHA. Exfoliante químico com 2% de ácido salicílico. OS BHA ajudam a retirar as células mortas que são responsáveis por poros abertos, borbulhas e uma pele baça e com um tom irregular. Tem zinco que ajuda a regular a oleosidade. Deve ser aplicado pontualmente nas borbulhas e na zona T onde os pontos negros se acumulam com mais facilidade. Apesar da marca sugerir uma utilização diária, eu diria que na maioria das peles deverá ser 2-3x por semana. Quem tiver uma pele não sensível, muito espessa e acneica pode tentar usar diariamente. Quem estiver indeciso entre este produto e o gel, este é mais eficaz e considero que não há grandes benefícios de usar ambos em simultâneo. Usar na pele limpa antes do sérum habitual.
  • Lactic Acid Serum. Com 10% de ácido láctico, AHA derivado de açúcares e leite. Exfoliante químico suave. Ideal para peles sensíveis e/ou secas. Usar 2-3x por semana à noite.
  • Alpha Hydroxy Acid Serum. 10% AHAs derivados de extratos naturais de frutas e plantas. Com extratos de limão e laranja, que podem ser sensibilizantes, deve ser usado 2-3x por semana à noite.

Para quem estiver indeciso que exfoliante químico escolher da marca, sugiro o Beta Hydroxy Acid para peles acneicas e o Lactic Acid Serum para todas as outras.

Andreia

Séruns

  1. Retinol Serum. Tudo o que podem querer saber sobre retinol, um dos ingredientes-estrela dos produtos anti-envelhecimento está aqui.  Com 1% de retinol e 0.5% de granactive retinóide (também usado pela The Ordinary) para uma libertação progressiva. Contém esqualano que é hidratante e emoliente. Usar à noite. Em peles sensíveis usar 2-3x por semana.
  2. Vitamin C Serum. Com 30% de vitamina C numa base de silicones. Não é um sérum aquoso, por ser numa base de silicones tem uma textura de cera. Para quem experimentou a vitamina C siliconada da The Ordinary a textura deverá ser semelhante. Eu pessoalmente não gosto de produtos ricos em silicone, além disso previnem a absorção dos produtos usados a seguir. O facto de ter uma concentração elevada de vitamina C é interessante, mas existem séruns de vitamina C muito melhor formulados, em base aquosa, como os da Skinceuticals ou o TIAM e com 20% de vitamina C. Para quem quiser experimentar, tenha em atenção que esta quantidade de vitamina C não é adequada para peles sensíveis ou reactivas. A quantidade de silicones usada pode levar a borbulhas. A vitamina C deverá ser usada de manhã.
  3. Hyaluronic Acid Serum. Sérum de ácido hialurónico a 2% em 3 pesos moleculares diferentes de forma a penetrar mais facilmente na pele. Ideal para peles secas ou desidratadas. Pode ser usado de manhã e à noite.
  4. Hepta-Peptide. O produto mais caro da marca. Sérum com hexa-péptido, que tem ação anti-envelhecimento. No entanto, a concentração no produto é muito baixa, menor que 1% [como expliquei aqui, todos os ingredientes a seguir ao phenoxyethanol estão presentes numa concentração inferior a 1%]. Nesse caso, e apesar do uso de péptidos é excelente no anti-envelhecimento, aconselho outros produtos como este. [Vejam a lista de ingredientes de um e de outro e vejam onde estão os péptidos em relação ao phenoxyetanol!]. Pode ser usado de manhã e à noite.
  5. Collagen Serum. Ao contrário do que o nome pode indicar este sérum não contém colagéneo, mas sim Matrixyl 3000, péptido que ajuda a estimular a produção de colagéneo. No entanto, a concentração deste péptido é inferior a 1%. Quem quiser uma alternativa mais eficaz na mesma onda de preço, tem o The Ordinary Buffet.  
  6. Q10 Serum. Sérum antioxidante com Coenzima Q10 (Ubiquinone). Contém ainda esqualano e ácido hialurónico que hidratam. Deverá ser usado de preferência de manhã, e é adequado para quem quer prevenir o envelhecimento. O sérum mais interessante da marca!

Hidratantes

  • Polyglutamic Acid. Com ácido poliglutâmico, um polímero do ácido glutâmico que tem a função de hidratar a pele. Para quem tem a pele desidratada ou seca, pode ser combinado com ácido hialurónico. Por ser um sérum leve é ideal para peles mistas que estejam desidratadas mas pode também funcionar em peles secas que precisam de uma combinação de vários ingredientes hidratantes. Pode ser combinado com o ácido hialurónico em peles muito secas ou desidratadas. Por as moléculas do ácido poliglutâmico serem maiores que as do ácido hialurónico, o ácido hialurónico deve ser usado primeiro para poder ser absorvido. Apesar da marca afirmar que o produto contém 3% de ácido poliglutâmico, ao ler a lista de ingredientes, percebe-se que a concentração é menor a 1%, visto que todos os ingredientes a seguir ao phenoxyethanol estão presentes numa concentração inferior a 1%, ou então a lista de ingredientes não cumpre a legislação em vigor. Para quem pretender, um produto mais interessante com ácido glutâmico, este é uma melhor opção.
  • Zinc Oxide Cream Moisturiser. Apesar de ter hidratante no nome, este produto é um protetor solar mineral com óxido de zinco. O facto de não conter a nomenclatura de protetor solar nem o SPF indicado na embalagem, significa que o doseamento do filtro solar não foi feito e por isso apenas a designação de hidratante. Para quem quiser protetores solares minerais eficazes e com SPF50, os meus preferidos são o 100% mineral Skinceuticals Mineral radiance uv defense fps50 com cor e o Mesoestetic Mesoprotech light water solar véu anti-idade que combina filtros minerais, químicos e biológicos.
  • Multi-Biotic.  Com extratos de iogurte contém pre e probióticos. Para acalmar e ajudar a restaurar a barreira da pele. Produto ideal para peles reactivas ou sensíveis. Pode ser usado de manhã e à noite. É um hidratante muito leve, em peles secas será necessário usar um hidratante de seguida.
  • Turmeric Cream Moisturiser. Hidratante com extrato de curcuma (turmeric), que é excelente para a pele. Ajuda a acalmar a pele, é antioxidante e a concentração parece interessante. Tem óleo de coco na sua composição, em que em peles acneicas ou mistas pode ser comedogénico. Pode ser usado de manhã e à noite. É de esperar um cheiro a curcuma, portanto quem não gosta de odores fortes, talvez seja de evitar. Fora isso, é interessante!
  • Hemp Oil Cream Moisturiser. Hidratante à base de óleo de cânhamo. Hidrata, acalma a pele, alivia o prurido, ajuda no controlo da oleosidade e do acne. [O óleo de cânhamo é uma das tendências do mercado da cosmética para este ano, volto a falar nisso noutro artigo.]

Outros Produtos

  • Caffeine Serum. Creme de olhos com cafeína. A cafeína ajuda a aumentar a microcirculação, por isso é que também é usada nos cremes com celulite. Funciona melhor nas olheiras escuras e ajuda reduzir os papos. Para um efeito mais pronunciado, colocar no frigorífico. Um dos produtos mais interessantes da marca!
  • Kaolin Mask. Máscara de argila branca. A argila ajuda a desintoxicar a pele, remover impurezas dos poros. Ideal para peles oleosas. Mas também podem comprar argila em pó e fazerem a vossa própria máscara! 😊 Depende apenas se preferem um produto já pronto a usar! Usar 1-2x por semana, conforme a necessidade.
  • Rosehip Oil. 100% Óleo de Rosa mosqueta. Antioxidante, ajuda no combate às manchas e às estrias. Hidrata. Pode ser usado no rosto e no corpo.
  • Squalane Oil. 100% Óleo de esqualeno. Hidratante, ideal para peles desidratadas. Pode também ser usado no corpo ou cabelo.

Em conclusão? Existem alguns produtos da THE INKEY LIST que podem ser interessantes, mas existem outros que com as alternativas que há no mercado consegue-se fazer melhores escolhas. E apesar da marca se tentar afastar do conceito da The Ordinary, é difícil não comparar ambas, visto que muitos produtos têm os mesmos ingredientes [apesar de fórmulas diferentes!]. Para além disso, apesar da marca tentar passar a imagem de simplicidade dos seus produtos e honestidade por parte do conceito, quando se lê a lista de ingredientes com atenção, e sim, é necessário conhecimento técnico para tal, nem tudo o que a marca alega se verifica na composição do produto. Nesse aspecto, e apesar de não gostar de muitas das texturas dos produtos da The Ordinary, as suas alegações são mais transparentes.

E vocês, conhecem a marca? Já experimentaram algum produto? Contem-me tudo!

  1. Olá Andreia, agradeço mais um óptimo post 🙂 Gostaria que me informasse se aconselha o uso de retinol no verão (ainda que só à noite). Gostaria também que me dissesse qual o produto com péptidos que aconselha em alternativa ao Hepta-Peptid, pois o link não vai para lado nenhum….obrigada. 1 beijinho. Paula Noronha

    1. Olá Paula,

      o link já está funcionar! 😊 O uso de retinol pode ser feito no verão nas alturas em que não fizer exposição solar directa como praia ou piscina. Beijinho

      1. Obrigada Andreia. Vou então continuar com o Retinol, mas durante a semana 🙂 Vou também explorar o link! 🙂 Tenho apenas mais uma questão. Estou a usar de manhã a vit C com o Melano CC e à noite uso também vit c mas mais completo com o Serum Timeless Skin Care – 20% Vitamin C + E Ferulic Acid. Tenho alguma vantagem em usar vitc à noite e de manhã ou só deve mesmo ser usada de manhã? Agradeço o esclarecimento. Obrigada Andreia. 1 beijinho

  2. Olá Andreia,
    Desde que comecei a ler o seu blog que mudei a minha rotina de pele com bons resultados a nível das rugas e da flacidez. Aprendi muito e agora faço isto:
    Dia = Sérum Antioxidante Skin Active Neostrata + Creme Hidratante The Ordinary + Protector solar ISDIN 50+ Por vezes em vez deste sérum coloco o Ácido Hialurónico com B5 da The Ordinary, que tem uma textura pegajosa mas durante pouco tempo, enquanto tomo o pequeno almoço e me visto a pele absorve tudo e depois sigo com o resto da rotina. O ácido hialurónico coloco de manhã quando na noite anterior usei o retinol.
    Noite: Limpeza+ Tonico + Retinol Redermic – na noite seguinte alterno com: Neostrata Serum Skin Active Collagen Booster + Neostrata Skin Active dermal replenishment cream. À sexta à noite ponho só o B Oil da The Ordinary e ao Domingo faço só um facial steam com flores e plantas à noite, com uma toalha na cabeça para trasnpirar os poros e coloco uma máscara de tecido. Que acha disto tudo, sugestões?
    A minha pergunta vem justamente porque aqui no Algarve o Verão começa a querer ficar e é um sol muito forte, que só de andar na rua já se sente muito e como estou a acabar o Retinol Redermic, queria saber se faço uma pausa e volto no Outono? Poderia a Andreia fazer um artigo sobre as coisas que podemos/devemos manter no Verão e as que devem parar e ser substituídas por outras, como ácidos, cremes, etc? Seria muito útil nesta altura!
    Outra questão – O resveratrol pode usar-se no verão, por exemplo em substituição do retinol ou como se podem complementar numa rotina? Ainda não experimentei esse componente.
    Beijinho

    1. Olá Luísa,

      acho que está com uma rotina incrível, parabéns!

      Eu faria isso mesmo, suspenderia o retinol e substituía pelo resveratrol. Mas podem se complementar numa rotina.
      Beijinho

Deixar uma resposta

Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed
Mais histórias
Óleos de Cabelo, diferentes formas de usar!