Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed Instagram Feed

Da minha vida sem glúten.

E faz aproximadamente um ano que eu faço uma dieta sem glúten. Não por modas, não por achar que seja mais saudável, mas porque há um ano atrás estava severamente doente, sempre MUITO inchada, com dores de barriga e a sentir-me pessimamente mal.

Comecei por fazer uma dieta FODMAP,  em que se retira os alimentos que são mal absorvidos e sofrem fermentação pela flora intestinal, causando sintomas como má digestão, excesso de gases, inchaço abdominal, cólicas, etc. Durante bastante tempo mantive-me a fazer uma dieta FODMAP associada a uma dieta sem glúten. Numa primeira fase, foi difícil perceber quais os alimentos que me causavam inflamação, visto que como o intestino estava sensibilizado, tudo me causava mal-estar. Mas, melhorei drasticamente e a partir daí foi introduzir alimentos gradualmente.

E o que mudou na minha dieta habitual? Não como alimentos com glúten. Infelizmente aqui na Ásia as farinhas são geneticamente modificadas, os pães não são fermentados o que aumenta o potencial de alergias. Já tentei voltar a introduzir alimentos com glúten, mas tenho sempre uma reação fortíssima e já aceitei bastante naturalmente que há alimentos que não como. E como me sinto muito melhor, no final do dia é isso que importa. E vivo bastante bem com isso, a menos que me passe uma bola de Berlim pela frente. 😊 Se há quem não perceba? Claramente. Mas não são essas as minhas pessoas.

Em baixo deixo-vos duas fotos com semanas de diferença para perceberem o que vos digo. Se tiverem histórias de alergias seja alimentares, ou de pele, partilhem!

  1. Olá Andreia.
    À uns meses atrás também iniciei uma experiência de alimentos sem glúten e sem lactose porque me sentia inchada, com dores abdominais e com maior incidência durante a noite. As fotos que apresentas fazem-me lembrará a minha barriga no antes e no após. Por vezes o impulso é mais forte quando não tenho nada à mão sem glúten e lá vão umas bolachinhas ou uma torrada, mas não demora a sentir os efeitos do deslize. Mas tem alturas que me apetece petiscar algo e não sei o que comer.

    1. Olá Laureana! Obrigada pela partilha! Eu também sofro mais à noite. Em relação ao que petiscar tenho sempre umas bolachas Maria sem glúten e fruta. E vou fazendo pão de banana e panquecas sem glúten. Beijinho

  2. Olá Andreia🤗 finalmente consegui ler o seu artigo! Tenho o mesmo problema😱 Entretanto fui a uma nutricionista que me cortou as maçãs, as peras, o mel, a canela ( supostamente tudo saudável) e claro os produtos com lactose, mas eu isso já não comia! A verdade é que me sinto muito melhor! Apenas 3 semanas e reduzi a minha barriga em 4cm!!!! Sinto é falta do meu chocolate e de alguns doces😩😩😩😩alguma dica para substituir os doces? Beijinhos

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais histórias
Pull Mountains Away